mulheres e crianças

Bachelet horrorizada com escalada da crise humanitária no noroeste da Síria
BR

Alta comissária de direitos humanos da ONU descreveu situação de mulheres e crianças sendo bombardeadas no rigoroso inverno sírio como uma “crueldade inacreditável”; desde 1º de janeiro, 299 civis foram assassinados em Idlib e Alepo, 93% dessas mortes são atribuídas ao governo sírio e seus aliados.

 

Síria: ONU quer aumentar apoio a vítimas de deslocamento recorde em Idlib
BR

Área do noroeste teve 700 mil novos deslocados em cerca de 10 semanas; Ocha anuncia grande operação humanitária para áreas afetadas; Acnur oferece mais aconselhamento psicossocial e serviços de emergência para crianças.

Mais de 6 mil nigerianos fugiram para o Chade desde o dia seguinte ao Natal
BR

Ataques de milícias em Baga levaram cerca de 30 mil nigerianos a buscar abrigo na capital estadual de Borno; mulheres e crianças formam a esmagadora maioria dos recém-chegados ao Chade; travessia do Lago Chade é feita em barcos a remos.

RD Congo: “Deslocados devem ter recursos como direito humano”

Unicef: cerca de 3 mil solicitantes de asilo passam pela Macedônia diariamente
BR

ONU pronta para entregar ajuda no Iêmen
BR

Conselho de Segurança deplora rapto de mais de 100 assírios pelo Isil

Mais de 150 mil etíopes foram repatriados da Arábia Saudita, diz OIM

Número de civis mortos ou feridos no Afeganistão subiu 23%
BR

Relatório da Missão da ONU no país, Unama, sugere que situação se agravou com aumento de explosivos improvisados utilizados por insurgentes no conflito.