morte

ONU pede calma e serenidade após morte de uma pessoa em protesto na Guiné-Bissau

Missão política elogia autoridades por iniciarem inquérito independente sobre a manifestação; comunicado elogia novas decisões da Comissão Nacional de Eleições sobre votação agendada para 24 de novebro.