Missão da ONU no Haiti

Guterres lidera tributo das Nações Unidas às vítimas do terremoto de 2010 no Haiti
BR

Cerimônia reuniu funcionários da ONU em Nova Iorque; tremor de 7 graus na escala Richter matou mais de 222 mil pessoas incluindo 102 funcionários das Nações Unidas; lista de boinas-azuis, mortos no sismo, inclui 20 brasileiros que serviam na Missão da ONU, Minustah.

Portuguesa conta como a rádio fez diferença em grandes calamidades

Mariana Palavra relata como atuou com o meio de comunicação em cenários de devastação após terramotos no Haiti e no Nepal; Dia Mundial do Rádio é comemorado no sábado.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Portuguesa conta como a rádio fez diferença em grandes calamidades

Haiti: nos 6 anos do terremoto, ONU destaca desafios para recuperação
BR

Tragédia causou a morte de 200 mil pessoas, incluindo 102 funcionários das Nações Unidas; em nota, secretário-geral afirmou que “muitos haitianos continuam enfrentando múltiplos desafios, incluindo deslocamento, insegurança alimentar e falta de acesso à água limpa e saneamento”.

Áudio -

Haiti: nos 6 anos do terremoto, ONU destaca desafios para recuperação
BR

Entrevista: General José Luiz Jaborandy Jr.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, indicou nesta quinta-feira, 13 de março, o general brasileiro José Luiz Jaborandy Júnior para assumir o cargo de Comandante da Força da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti, Minustah.

Áudio -

Entrevista: General José Luiz Jaborandy Jr.