Michelle Bachelet

Bachelet condena assassinatos e deslocamentos na Síria apesar de 'cessar-fogo'
BR

Desde o início da escalada das violência em Idlib e arredores, de abril passado a janeiro deste ano, Escritório de Direitos Humanos da ONU verificou incidentes em que 1.506 civis foram mortos; para Bachelet, novo cessar-fogo “mais uma vez falhou em proteger os civis”.