Metereologia

2017 foi o ano mais caro com eventos climáticos 

Relatório sobre o estado do clima destaca impactos económicos e sociais; Dia Mundial da Meteorologia marca-se sexta feira, 23 de março.

ONU: rápida mudança nas regiões polares exige resposta global
BR

Agência Mundial de Meteorologia lançou campanha internacional para melhorar as previsões de tempo e de condições do gelo no Ártico e na Antártica; objetivo é minimizar riscos ambientais.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

ONU: rápida mudança nas regiões polares exige resposta global
BR

OMM afirma que há 60% de chance do El Niño aparecer este ano
BR

Organização Mundial de Meteorologia explica que fenômeno natural pode surgir no fim do ano; previsão deve ajudar a salvar vidas após secas e enchentes ocorridas na temporada 2015-2016.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.*

Áudio -

OMM afirma que há 60% de chance do El Niño aparecer este ano
BR

Organização Meteorológica Mundial prevê La Niña de intensidade fraca
BR

Probabilidade é do fenômeno se desenvolver nos próximos meses, mas especialistas acreditam que não será tão forte quanto o El Niño que terminou em maio; regiões que enfrentaram seca podem receber chuvas acima da média.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Organização Meteorológica Mundial prevê La Niña de intensidade fraca
BR

Temperatura de 54°C no Kuweit pode ser recorde histórico regional
BR

Termômetros do país árabe bateram a marca no dia 21 de julho; Organização Meteorológica Mundial avalia dados e temperatura pode ser a mais alta já registrada no Oriente Médio e Ásia; calor também é forte nos EUA.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Temperatura de 54°C no Kuweit pode ser recorde histórico regional
BR

2014 registou o setembro mais quente, confirma OMM

A nível global, período foi 0,72°C mais quente que a média dos meses de setembro do século 20; agência da ONU promete publicar atualização do estado do clima global em novembro.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -