medicamentos

Guterres participa de apelo na internet para vacinas e tratamentos contra covid-19
BR

Secretário-geral juntou-se a outros líderes internacionais em conferência virtual para angariar US$ 7,5 bilhões e acelerar produção e acesso a vacinas, diagnósticos e tratamentos; evento foi organizado pela Comissão Europeia e parceiros. 

Resolução da Assembleia Geral quer acesso global a material de combate à covid-19
BR

Documento ressalta igualdade no acesso a testes, suprimentos, medicamentos e futuras vacinas; órgão defende ação dos países para evitar atos de especulação e estocagem indevida de materiais e equipamentos.

Covid-19: “esforços de pesquisa e desenvolvimento avançam a passos largos”
BR

OMS diz que valor prometido para Plano Estratégico de Preparação e Resposta ultrapassou total de US$ 675 milhões; agência lembra os cuidados a serem tomados nas celebrações religiosas em diferentes regiões do mundo.

Entrevista: América Latina pode ter aumento de casos de covid-19 já nas próximas semanas

Mariângela Simão é diretora-geral assistente para Acesso a Medicamentos, Vacinas e Produtos Farmacêuticos da Organização Mundial da Saúde, OMS. Nesta conversa exclusiva com a ONU News, de Genebra, a também secretária-geral assistente das Nações Unidas aborda a situação do novo coronavírus em relação aos remédios e expectativas sobre Brasil e a América Latina.

OMS atualiza lista de orientações sobre medicamentos e diagnósticos
BR

Medida pretende ajudar a enfrentar desafios de saúde e tornar preços acessíveis; novos itens têm foco em câncer e outros desafios globais de saúde; atualmente 150 países usam a Lista de Medicamentos Essenciais da OMS.

Relatório da ONU pede ação urgente para evitar crise de resistência antimicrobiana

Organizações internacionais definem recomendações para combater infeções resistentes; 700 mil pessoas morrem anualmente devido a doenças resistentes a estes medicamentos.

OMS: RD Congo inicia primeiro teste de múltiplos medicamentos contra ebola
BR

Agência colabora com Ministério da Saúde na iniciativa; dados coletados serão padronizados e usados para tirar conclusões sobre segurança e eficácia dos medicamentos.

Mais material em português ajudaria com ações de regulação na África, diz OMS

Diretora-geral-assistente da Organização Mundial da Saúde, Mariângela Simão, afirma que países de língua portuguesa podem ser ainda mais beneficiados se literatura sobre regulação de medicamentos, que é geralmente produzida em inglês e francês, também fosse escrita em língua portuguesa.

OMS faz alerta sobre medicamentos falsos e de baixa qualidade
BR

Nova chefe da área de medicamentos da OMS quer mais acesso a remédios
BR