Mariângela Simão

Mais material em português ajudaria com ações de regulação na África, diz OMS

Diretora-geral-assistente da Organização Mundial da Saúde, Mariângela Simão, afirma que países de língua portuguesa podem ser ainda mais beneficiados se literatura sobre regulação de medicamentos, que é geralmente produzida em inglês e francês, também fosse escrita em língua portuguesa.

Mariângela Simão, diretora-geral assistente da OMS

Diretora-geral assistente para acesso a medicamentos, vacinas e produtos farmacêuticos da Organização Mundial da Saúde, OMS, fala sobre ameaças à saúde da população mundial, como o vírus do ebola e o regresso do sarampo a alguns países.