Marcelo Rebelo de Sousa

Portugal quer “multilateralismo reforçado, sempre”

Presidente português defendeu das organizações internacionais no seu discurso na Assembleia Geral; Marcelo Rebelo de Sousa avisou que visões de curto prazo não resolvem os problemas do mundo.

Presidente de Portugal reforça compromisso com Pacto Global para Migração

Em entrevista exclusiva à ONU News, Marcelo Rebelo de Sousa disse que o país está disponível para receber mais refugiados e que quer partilhar com o resto do mundo o seu plano de integração; chefe de Estado português discursa esta quarta-feira.

António Guterres chocado com incêndio florestal em Portugal
BR

Secretário-geral emitiu nota demonstrando solidariedade ao país, autoridades e vítimas do desastre, que pode ter matado mais de 60 pessoas, segundo agências de notícias.

Comunidades lusófonas celebram Dia de Portugal em várias partes do globo
BR

Clip: Presidente de Portugal entusiasmado com liderança de Guterres na ONU

Pensando nos jovens, Portugal diz que líderes têm que ser mais pró-ativos

Especial: as expectativas sobre o futuro da ONU com António Guterres
BR

Perfil: António Guterres
BR

Ex-primeiro ministro de Portugal foi descrito pelo atual presidente do país, Marcelo Rebelo de Sousa, como "o mais brilhante de todos nós" ao citar políticos de sua própria geração; já o secretário-geral da ONU diz que Guterres é "intelligente e tem experiência" para lidar com os desafios atuais.

Criação da Academia de Letras em Angola fortalece lusofonia, diz Portugal

A afirmação é do presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, que saudou a iniciativa do país africano de promoção da língua e da literatura; em entrevista à Rádio ONU, em setembro, o dirigente afirmou que a ação de países, a sua maneira, no domínio da língua são um passo na direção certa.

Presidente de Portugal diz que promoção da língua é tarefa de todos
BR

Em entrevista à Rádio ONU, no mês passado, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que os oito Estados irmãos que falam o português devem assumir a tarefa de difundir o idioma no mundo; segundo ele, a língua portuguesa é um ativo político e de cooperação.