Maputo

Moçambique recupera manguezais arrasados por ciclone Eline há 20 anos
BR

Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, e o governo do país africano restauram árvores no estuário do rio Limpopo; 60% da área foram destruídos no desastre natural de 2000; plano de gestão e manejo deve promover saúde dos ecossistemas e restaurar 400 hectates em Mahielene.

União Europeia ajuda a promover ação climática em Moçambique
BR

PMA e FAO implementarão iniciativa Ação Pró-Resiliência em programas até 2022; pessoas vulneráveis e sob risco de enfrentar insegurança alimentar serão priorizados.

Moçambicanos revelam como trabalham em casa em crise do coronavírus  
BR

Plataformas digitais e ferramentas online dominam a rotina de jornalistas, artistas e professores; autoridades realizaram centenas de testes  no país que tem pelo menos uma pessoa recuperada da covid-19.

Em Moçambique, recuperação de ervas marinhas pode beneficiar comunidades locais
BR

Universidade em Maputo, capital do país, está identificando e restaurando habitats de ervas marinhas, consideradas “baterias de oxigênio para o oceano”; no noroeste da Baía de Maputo, 86% dos prados foram perdidos; quadro coloca em risco agricultura local, emprego e segurança alimentar.

PMA recebe € 7,5 milhões para apoiar pessoas em risco de fome em Moçambique
BR

Cerca de 1,9 milhão de pessoas podem enfrentar essa situação no primeiro trimestre do próximo ano; nova contribuição da União Europeia faz subir para € 30 milhões o valor de apoio dado à agência no país nos últimos 10 anos.*

Suplementação de vitamina A chega a milhões de crianças em Moçambique

Unicef apoia iniciativa financiada pelo Governo do Canadá; meta da campanha é abranger  4 milhões de crianças em todo o país;  na província de Maputo, ONU News acompanhou o processo que deve chegar a 330 mil crianças.*

Seis meses após ciclone Idai, Moçambique precisa de mais US$ 398 milhões para apoiar afetados por crises

Necessidades agravadas por secas e inundações consecutivas podem prejudicar próximas colheitas; pelo menos 2 milhões de pessoas podem enfrentar graves níveis de insegurança alimentar até março.*

ONU elogia acordo que traz “esperança para uma paz duradoura” em Moçambique

Chefe de Estado Filipe Nyusi assinou o Acordo de Paz e Reconciliação em Maputo com líder do partido Renamo, Ossufo Momade; presidente da Assembleia Geral revela expectativa por desenvolvimento do país; enviado do secretário-geral declara que entendimento será bem-sucedido. *

Moçambicanos recebem o secretário-geral da ONU

As cidades moçambicanas de Maputo e Beira acolhem durante dois dias o secretário-geral da ONU, António Guterres.

Guterres: “Moçambique tem autoridade moral inegável” para pedir apoio internacional

Secretário-geral encontrou-se com o chefe de Estado e membros do governo em Maputo; chefe da ONU recebeu atualização sobre a situação após ciclones idai e Kenneth; agenda da visita inclui a cidade da Beira e campo de reassentamento.