Madagascar

OIT treina jovens desempregados e ex-membros de gangues em Madagáscar
BR

Iniciativa da Organização Internacional do Trabalho quer reintegrar juventude à sociedade e oferecer oportunidades para aprendizado de uma profissão e habilidades.

Destaque ONU News - 13 de agosto de 2018

Neste #DestaqueONUNews, apresentado por Monica Grayley, chefe da Organização Mundial da Saúde confere de perto vacinação contra o ebola na África; jovens que pertenciam a gangues recebem uma segunda chance através da educação, e no final: surge uma esperança para crianças que não têm certidão de nascimento.

OMS tem plano para acabar com epidemias em Madagáscar

Diretor-geral da Organização Mundial da Saúde visita país africano e sugere melhor acesso a cuidados de saúde, vigilância e implementação de regulamentações internacionais.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

OMS tem plano para acabar com epidemias em Madagáscar

Diretor-geral da Organização Mundial da Saúde visita país africano e sugere melhor acesso a cuidados de saúde, vigilância e implementação de regulamentações internacionais.

OMS: Peste está diminuir em Madagáscar mas resposta deve ser sustentada

OMS: Peste está diminuir em Madagáscar mas resposta deve ser sustentada

Mais de 2,3 mil pessoas perderam a vida devido à peste pneumónica; autoridades locais esperam que haja mais infeções de peste bubónica e pneumónica nos próximos quatro meses.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.*

Áudio -
2'8"

OMS aumenta resposta devido a praga em Madagáscar

OMS aumenta resposta devido a praga em Madagáscar

Surto foi identificado no final de agosto e já conta com um total de 21 mortes; Organização Mundial da Saúde alerta que a praga pode converter-se numa epidemia.

Denise Costa da ONU News, em Nova Iorque.

Áudio -

Madagáscar: número de deslocados sobe o triplo em nova avaliação pós-ciclone

Madagáscar: número de deslocados sobe o triplo em nova avaliação pós-ciclone

Ocha revela que será lançado pedido de fundos para ajudar os mais vulneráveis por vários meses; número de afetados graves subiu em quase 40% em relação ao previsto no inicio da semana.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.*

Áudio -