Luís Figo

Futebol: Figo e amigos vencem Jogo da Solidariedade por 4-3

Adversários foram capitaneados pelo brasileiro Ronaldinho Gaúcho; ONU apoiou iniciativa que gerou receitas para projetos humanitários e de desenvolvimento social.

Luís Figo e Ronaldinho Gaúcho serão capitães do Jogo da Solidariedade
BR

Ingressos para a partida, marcada para 21 de abril, já estão à venda; jogo será na Suíça, promovendo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável; verba será revertida para a Fundação para Crianças da Liga dos Campeões da Europa.  

Destaque ONU News - 14 de fevereiro de 2018

O #DestaqueONUNews desta quarta-feira é apresentado pr Denise Costa. Neste programa, falamos sobre o Dia dos Namorados no Hemisfério Norte, a crise dos refugiados rohingya e os detalhes sobre o Jogo da Solidariedade do qual participam os ex-futebolistas Luís Figo e Ronaldinho Gaúcho.

Juntos em campo, Marta e Ronaldo disputam partida em prol dos filipinos
BR

Jogo Contra a Pobreza é esta terça-feira, na Suíça, com o time “Amigos de Ronaldo e Zidane” contra a equipe do BSC Young Boys; partida beneficente será transmitida no Brasil e em Portugal.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

Áudio -

Juntos em campo, Marta e Ronaldo disputam partida em prol dos filipinos
BR

Jogo Contra a Pobreza ganha o reforço de Luís Figo

Futebolista português confirmado pelo Pnud como uma das estrelas da partida beneficente; Fabio Cannavaro e Patrick Vieira também jogam na equipa de Ronaldo e Zidane.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

Jogo Contra a Pobreza ganha o reforço de Luís Figo

Figo defende uso de caricaturas para informar sobre a tuberculose

Em entrevista à Rádio ONU, ex-internacional luso e antigo futebolista do Inter de Milão fala da importância da informação para crianças com vista a prevenir a doença; estima-se que 8,7 milhões contraíram a infeção em 2011.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Figo defende uso de caricaturas para informar sobre a tuberculose

Se escalado para jogo no Brasil, Figo diz que ajudará Zidane e Ronaldo
BR

Ex-capitão da seleção portuguesa disse à Rádio ONU que não tem preferência pelas equipes dos ex-craques, que considera dois grandes profissionais, e afirmou que se for ao amistoso “terá que se repatir”.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -