língua portuguesa

Escritor moçambicano, Mia Couto

O escritor moçambicano  fala sobre desenvolvimento no seu país, a importância  da língua portuguesa e o papel que os escritores podem ter nesses assuntos. Mia Couto junta sua voz à de líderes de várias áreas nos esforços globais para o sucesso da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável, ODSs. Para o também poeta e jornalista, a educação deve ter prioridade.  O autor fala também sobre o seu último livro, "A Água e a Águia", lançado no mês de outubro.  

Língua portuguesa junta centenas nos jardins da ONU

Veja aqui imagens das celebrações na sede da ONU, em Nova Iorque. Eleutério Guevane entrevista João Camacho, professor na Kean University, uma luso-descendente que participa num rancho folclórico e uma dirigente da Mantena Global Care, uma organização comunitária de Newark, em Nova Jérsia.