Líbia

Impunidade na Líbia contribui para abusos sexuais e assassinatos
BR

Relatório da ONU revela que todos os lados em conflito são responsáveis por violações que podem ser consideradas crimes de guerra; mulheres são alvo de abusos para “mostrar que não devem ter voz na esfera pública”.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Impunidade na Líbia contribui para abusos sexuais e assassinatos
BR

Relatório cita intensificação dos abusos e do caos na Líbia

Novo documento do Escritório dos Direitos Humanos fala em possíveis crimes de guerra; todos os lados em conflito seriam responsáveis pelos atos; recomendação é para a reforma do sector de justiça e luta contra a impunidade.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque. 

Áudio -

Relatório cita intensificação dos abusos e do caos na Líbia

Maioria do parlamento reconhecido da Líbia aceita governo de unidade

Enviado da ONU saúda documento assinado por grande parte dos membros da Câmara dos Representantes; Martin Kobler pediu medidas imediatas para formalizar a aprovação.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

Maioria do parlamento reconhecido da Líbia aceita governo de unidade

ONU alerta sobre severidade da crise humanitária na Líbia

Comunidade internacional contribuiu apenas com 2,6% do dinheiro necessário para fornecer assistência adequada aos civis; organização pediu US$ 166 milhões para ajudar 2,4 milhões de líbios.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

ONU alerta sobre severidade da crise humanitária na Líbia

Cinco anos após revolução, ONU saúda líbios por sacrifícios em prol da paz

17 de fevereiro marca o aniversário do processo que levou à queda do antigo líder Muammar Khadafi; representante da organização, Martin Kobler, lembra que ainda há muito trabalho para se alcançar democracia e justiça.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Cinco anos após revolução, ONU saúda líbios por sacrifícios em prol da paz