lepra

Brasil tem segunda maior taxa de casos novos de hanseníase no mundo
BR

Em 2017, país registrou 27 mil novos casos da doença conhecida como lepra; relatora das Nações Unidas visitou o país e pediu ao governo brasileiro para redobrar esforços no combate à discriminação.

O estigma sobre hanseníase no discurso público

Presidente francês e vice-primeiro ministro italiano usaram doenca, conhecida como lepra, para falar de nacionalismo; numa entrevista com a ONU News, relatora da ONU Alice Cruz diz que este discurso aumenta o estigma.

Relatora da ONU pede que líderes europeus parem de usar termo “lepra” como metáfora

Presidente francês e vice-primeiro ministro italiano usaram expressão para falar de nacionalismo; Alice Cruz diz que este discurso aumenta o estigma e convence as pessoas de que a hanseníase já não existe.

Nova especialista da ONU quer o fim do estigma da hanseníase
BR

Portuguesa Alice Cruz é a primeira relatora da ONU para a eliminação da discriminação sofrida pelas pessoas com a doença; segundo ela, 200 mil novos casos surgem por ano; maioria dos casos está na Índia e no Brasil.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque. 

Áudio -

Nova especialista da ONU quer o fim do estigma da hanseníase
BR

África e Américas lideram queda global de casos de lepra

Relatório da OMS cita casos de Angola e Moçambique ao terem reduzido a doenca a mais de três quartos em sete anos;  Cabo Verde é destacado no relatório por integrar grupo de países sem registo de casos de raiva canina em 2011.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

África e Américas lideram queda global de casos de lepra

Moçambique declara combate às doenças tropicais

Ao lado do Brasil, país assinou a Declaração de Londres sobre parceria internacional para combater 10 enfermidades em uma década; a iniciativa tem o apoio da Fundação Bill e Melinda Gates e da Organização Mundial da Saúde, OMS.

Áudio -

Moçambique declara combate às doenças tropicais