lepra

Dia Mundial de Combate à Hanseníase ressalta necessidade de prevenção
BR

Doença, também conhecida como lepra, tem 200 mil novos casos por ano; data é marcada no último domingo de janeiro; embaixador da Boa Vontade da Organização Mundial da Saúde, OMS, para Eliminação da Lepra, afirma que milhões de pessoas vivem com alguma forma de deficiência após serem afetadas.    

Japão deve continuar ações de assistência a pessoas com hanseníase ou lepra
BR

Em comunicado, relatora especial da ONU sobre a eliminação da discriminação contra pessoas afetadas pela lepra e seus familiares conta que 1,1 mil pessoas são obrigadas a viverem de “forma segregada”; segundo Alice Cruz, atendimento de saúde deve ser igual para todos.
 

Brasil tem segunda maior taxa de casos novos de hanseníase no mundo
BR

Em 2017, país registrou 27 mil novos casos da doença conhecida como lepra; relatora das Nações Unidas visitou o país e pediu ao governo brasileiro para redobrar esforços no combate à discriminação.

O estigma sobre hanseníase no discurso público

Presidente francês e vice-primeiro ministro italiano usaram doenca, conhecida como lepra, para falar de nacionalismo; numa entrevista com a ONU News, relatora da ONU Alice Cruz diz que este discurso aumenta o estigma.

Relatora da ONU pede que líderes europeus parem de usar termo “lepra” como metáfora

Presidente francês e vice-primeiro ministro italiano usaram expressão para falar de nacionalismo; Alice Cruz diz que este discurso aumenta o estigma e convence as pessoas de que a hanseníase já não existe.

Nova especialista da ONU quer o fim do estigma da hanseníase
BR

Portuguesa Alice Cruz é a primeira relatora da ONU para a eliminação da discriminação sofrida pelas pessoas com a doença; segundo ela, 200 mil novos casos surgem por ano; maioria dos casos está na Índia e no Brasil.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque. 

Áudio -

Nova especialista da ONU quer o fim do estigma da hanseníase
BR

África e Américas lideram queda global de casos de lepra

Relatório da OMS cita casos de Angola e Moçambique ao terem reduzido a doenca a mais de três quartos em sete anos;  Cabo Verde é destacado no relatório por integrar grupo de países sem registo de casos de raiva canina em 2011.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

África e Américas lideram queda global de casos de lepra

Moçambique declara combate às doenças tropicais

Ao lado do Brasil, país assinou a Declaração de Londres sobre parceria internacional para combater 10 enfermidades em uma década; a iniciativa tem o apoio da Fundação Bill e Melinda Gates e da Organização Mundial da Saúde, OMS.

Áudio -