Lei, Crimes & Justiça

ONU de luto por dois funcionários mortos no Afeganistão
BR

O chefe da missão da ONU no Afeganistão, Tom Koenigs, presidiu uma cerimônia em homenagem a dois funcionários da organização mortos num ataque no país.

ONU investiga denúncias de exploração sexual de meninas na Libéria

As Nações Unidas vão abrir um inquérito para averiguar as denúncias de exploração sexual de meninas em campos de refugiados da Libéria.

Argentina leva Uruguai à Corte Internacional de Haia
BR

O governo da Argentina levou o Uruguai à Corte Internacional de Justiça em Haia, na Holanda, numa ação contra a construção de fábricas de celulose às margens do Rio Uruguai, localizado na fronteira dos dois países.

15 mortos em ataques rebeldes ruandeses no leste da RDC

Cerca de 15 pessoas foram mortas e dezenas de casas foram incendiadas em ataque lançados segunda-feira por grupos de rebeldes ruandeses contra duas pequenas vilas e uma sede militar do leste da República Democrática do Congo (RDC), anunciou a missão da ONU (Monuc).

Seis jornalistas mortos em África em 2005

O ano 2005 foi o mais mortífero da última década para os jornalistas, com 63 mortos, seis dos quais em África, incida o relatório de Repórteres Sem Fronteira (RSF).

Governo e rebeldes têm mais 48 horas para um acordo sobre o Darfur

A União Africana (UA) deu um novo prazo de 48 horas às partes em conflito no Darfur para se alcançar um acordo de paz.

Perito da ONU em tortura relata casos no Nepal
BR

O perito das Nações Unidas em casos de tortura, Manfred Nowak, afirmou que o Nepal tem registrado o que ele chamou de casos sistemáticos de tortura.

ONU lança 1º manual antiseqüestro

Luciana Viegas, do Unodc em Viena, explica os principais pontos do manual internacional.

Kofi Annan apresenta Estratégia Global Contraterrorismo
BR

O Secretário-Geral da ONU, Kofi Annan, apresentou em Nova York um conjunto de recomendações sobre uma estratégia global de combate ao terrorismo.

Prolongamento por 48 horas das negociações sobre o Darfur

As negociações inter-sudanesas sobre o Darfur foram prolongadas por 48 horas pela União Africana (UA), depois do prazo fixado para um acordo de paz ter expirado domingo.