Lei, Crimes & Justiça

Angola diz que vai investigar alegações de estupros
BR

Embaixador do país nas Nações Unidas disse à Rádio ONU que relatos ainda ‘parecem desencontrados’, mas segundo ele, ‘medidas serão tomadas’ caso sejam confirmadas as denúncias de abusos sexuais durante expulsões de congoleses.

ONU elogia esforços para proibir munições de fragmentação

Vice secretária-geral da ONU, Asha-Rose Migiro, afirma que tratado em vigor desde 1 de Agosto deste ano constitui um enorme impulso à lei humanitária internacional.

Peritos ONU em segurança privada visitam África do Sul

Grupo de Trabalho sobre o Uso de Mercenários visita o país para avaliar efeitos da legislação adotada em 2006; viagem que começa esta quarta-feira terminará no próximo dia 19.

Aeroporto que apreendeu filhote de tigre recebe prêmio
BR

Certificados de Louvor foram entregues pela Convenção Internacional, Cites, aos Aeroportos da Tailândia por operação realizada em 23 de agosto, na capital do país.

Conselho de Segurança analisa questão da pirataria na Somália

Subsecretário-geral da ONU para Assuntos Políticos, Lynn Pascoe, afirma que problema continua a ter sérias implicações nas economias regionais da África Oriental e do resto do mundo.

Enviada da ONU critica casamento forçado de meninas

Representante especial do Secretário-Geral da ONU sobre Crianças e Conflitos Armados, Radhika Coomaraswamy, denunciou práticas de violência contra crianças e mulheres na Somália.

Crianças migrantes na AL sob risco de exploração, diz Unicef (Português Brasil)

Um em cada cinco migrantes é menor; pesquisa serve de base para debates no 4º Fórum Global sobre Migração e Desenvolvimento, aberto nesta segunda-feira em Porto Vallarta, no México.

ONU apela a Angola e RD Congo que investiguem violações (Português África)

Representante do Secretário-Geral da ONU sobre Violência Sexual em Conflitos, Margot Wallström, afirma que é essencial evitar abusos durante processos de expulsão em ambos os países.

Acnur renova apelo a proteção internacional de Somalis no Quénia

Os conflitos no país causaram grande número de deslocados; muitos fugiram para o Quénia, onde vivem em condições precárias, o que piorou com a ordem de expulsão que receberam.

EUA dizem na ONU que fecharão prisão de Guantánamo
BR

Em sessão que avaliou situação do país no Conselho de Direitos Humanos, consultor jurídico americano ressaltou que seu governo não apoia o uso de tortura.