Lei, Crimes & Justiça

ONU critica Israel por uso de bombas de fragmentação no Líbano

O Sub-Secretário Geral da ONU para Assuntos Humanitários criticou o uso excessivo por parte de Israel de bombas de fragmentação durante os últimos três dias do conflito no Líbano, descrevendo a sua utilização como imoral.

Trabalhadores da Ásia enfrentam desvantagens, alerta OIT
BR

A Organização Internacional do Trabalho, OIT, lançou um alerta sobre a situação dos trabalhadores na Ásia.

OIT realiza discussão sobre perigos do trabalho forçado no Brasil
BR

Terminou neste fim de semana em Palmas, no Tocantins, um seminário sobre formas de trabalho escravo no Brasil.

Nações Unidas investigam alegações de abuso sexual em forças de paz
BR

O Departamento de Manutenção das Operações de Paz informou que mais de 300 pessoas estão sendo investigadas sobre alegações de assédio e abuso sexuais.

Incerteza volta a rodear eleições na Côte d'Ivoire

O chefe da missão das Nações Unidas na Côte d\'Ivoire, Pierre Schori, voltou a emitir dúvidas sobre a realização das eleições antes do prazo de 31 de Outubro, estabelecido pela ONU.

Calma regressa a Kinshasa após três dias de violência

A calma regressou esta quarta-feira à capital da Repùblica Democrática do Congo após três dias de tiroteios que provocaram 16 mortos.

ONU preocupada com detenção de antigo presidente no Burundi

As Nações Unidas dizem estar preocupadas com a detenção do antigo presidente burundês, Domitien Ndayizeye, em ligação com uma alegada tentativa de golpe de estado no país, segundo o chefe dos serviços secretos do Burundi.

Kofi Annan detalha abusos contra crianças no Sudão

O Secretário-Geral da ONU detalhou o abuso de crianças nos conflitos armados no Sudão, apelando energicamente ao governo de Unidade Nacional e ao goveno do Sul do Sudão para acabarem com o recrutamento de crianças.

Tribunal de Arusha pede ao Quénia para prender suspeito de genocídio

O Tribunal Criminal Internacional para o Ruanda voltou a pedir ao governo do Quénia para prender um suspeito de genocídio no Ruanda.

Tribunal de Haia critica Sérvia por não entregar Mladic
BR

A promotora-chefe do Tribunal Criminal Internacional para Ex-Iugoslávia, Carla del Ponte, condenou o que ela chamou de fracasso da Sérvia em entregar o general Ratko Mladic às autoridades em Haia, na Holanda.