Lei, Crimes & Justiça

Mais de 200 milhões usam drogas no mundo, diz relatório do Unodc
BR

Um relatório do Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crimes, Unodc, revela que cerca de 200 milhões de pessoas entre 15 e 64 anos usam drogas ilegais pelo menos uma vez por ano.

“Não” às armas ilegais tem 1 milhão de fotos em abaixo-assinado visual
BR

O Secretário-Geral da ONU, Kofi Annan, recebeu um abaixo-assinado visual com 1 milhão de fotos durante a abertura da Conferência contra o Comércio Ilegal de Armas Leves e de Pequeno Porte, na sede da ONU em Nova York.

Unicef alerta para tráfico de crianças durante a Copa do Mundo
BR

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, alertou para o que o fundo chamou de alto risco de tráfico e abuso sexual de crianças durante a Copa do Mundo na Alemanha.

ONU prorroga mandato da Força Multinacional no Iraque
BR

O Conselho de Segurança das Nações Unidas autorizou a prorrogação do mandato da Força Multinacional sob comando norte-americano no Iraque.

Conselho de Segurança quer cooperação dos Estados no caso Taylor

O Conselho de Segurança da ONU apelou à cooperação dos Estados para garantir a comparência do ex-presidente liberiano Charles Taylor em Haia, a fim de ser julgado.

A situação no Timor-Leste

Representante do Timor-Leste junto às Nações Unidas, o embaixador José Luis Guterres descreve a onda de violência que desestabilizou o pequeno país do arquipélago indonésio.

Procurador do Tribunal Internacional denuncia massacres em Darfur

O procurador do Tribunal Penal Internacional, o argentino Luis Moreno Ocampo, afirmou ter recebido informações sobre “um número importante de massacres em grande escala” na região de Darfur, no Sudão, assim como centenas de casos de violações.

Decisão britânica abre caminho para julgamento de Charles Taylor

O Secretário-Geral da ONU, Kofi Annan, afirmou quinta-feira que a autorização do Reino Unido para que o ex-presidente liberiano Charles Taylor (foto) cumpra uma eventual pena no país abre caminho para o seu julgamento em Haia.

ONU investiga a morte de Hariri por mais um ano
BR

O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou a prorrogação por um ano da Comissão de Inquérito que investiga o assassinato do ex-primeiro-ministro libanês Rafic Hariri, morto em atentado a bomba, no centro de Beirute, em fevereiro de 2005. A aprovação se deu por unanimidade.

Especialistas da ONU exigem fechamento imediato de prisão de Guantánamo
BR

Um grupo de especialistas em direitos humanos das Nações Unidas voltou a exigir, na quarta-feira, o fechamento imediato da prisão na base militar dos Estados Unidos na Baía de Guantánamo, em Cuba.