Lei, Crimes & Justiça

Prisão perpétua para acusados de genocídio no Ruanda

Segundo Tribunal Penal Internacional para Ruanda, pelo menos 500 mil pessoas morreram no massacre de membros da etnia tutsi e hutus moderados em 1994.

Tribunal para o Líbano começa em março de 2009
BR

Anúncio foi feito pelo Secretário-Geral da ONU; tribunal deve julgar casos de assassinatos incluindo o do ex-premiê Rafik Hariri, morto em 2005.

Prisão perpétua para acusados de genocídio em Ruanda
BR

Segundo Tribunal Penal Internacional para Ruanda, pelo menos 500 mil pessoas morreram no massacre de membros da etnia tutsi e hutus moderados em 1994.

ONU adopta medidas contra pirataria na Somália

Resolução do Conselho de Segurança prevê que navios e aviões de guerra dos países e organizações envolvidas no combate à pirataria têm autorização da ONU para perseguir suspeitos e levá-los à justiça.

Acnur preocupado com violência na RD Congo

Uma menina morreu, outra ficou ferida após tiroteios; para ONU país africano continua perigoso para civis.