Kofi Annan

ONU vai explorar várias opções para resolver crise na Síria
BR

Após encontro a portas fechadas no Conselho de Segurança, Ban Ki-moon afirma que mundo deve estar preparado para qualquer eventualidade; enviado especial diz que plano de paz não está sendo implementado.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*.

Áudio -

ONU vai explorar várias opções para resolver crise na Síria
BR

Annan diz que mundo não pode permitir “assassinatos em massa” na Síria
BR

Enviado especial da Liga Árabe e das Nações Unidas discursou nesta segunda-feira na Assembleia Geral após a morte de 78 pessoas em Hama, no país árabe.

[caption id="attachment_213850" align="alignleft" width="350" caption="Kofi Annan"]

Áudio -

Annan diz que mundo não pode permitir “assassinatos em massa” na Síria
BR

Kofi Annan diz que mundo não deve permitir “mortes em massa” na Síria

Discursando esta quinta-feira na Assembleia Geral da ONU, o enviado especial da ONU e da Liga Árabe à Síria confirmou a morte de dezenas em massacre em al-Qubeir.

[caption id="attachment_214107" align="alignleft" width="350" caption="Kofi Annan"]

Áudio -

Kofi Annan diz que mundo não deve permitir “mortes em massa” na Síria

Na Jordânia, Kofi Annan fala de impacto regional da crise síria

Enviado da ONU e da Liga Árabe à Síria chama atenção para a complexidade da crise que fez milhares de refugiados; Estados Unidos falam da possibilidade de apoiar sanções no Conselho de Segurança.

Áudio -

Na Jordânia, Kofi Annan fala de impacto regional da crise síria

Na Síria, Annan negocia saída para violência que já matou mais de 9 mil
BR

Enviado especial da ONU e da Liga Árabe chega a Damasco, um dia após o Conselho de Segurança ter condenado o massacre no vilarejo de Houla que causou mais de 100 vítimas fatais incluindo 30 crianças.

Áudio -

Na Síria, Annan negocia saída para violência que já matou mais de 9 mil
BR

Enviado especial da ONU e da Liga Árabe chega a Damasco, um dia após o Conselho de Segurança ter condenado o massacre no vilarejo de Houla que causou mais de 100 vítimas fatais incluindo 30 crianças.