kismayo

OMS diz que baixas de somalis subiram quase metade em Kismayo

Cidade portuária é vulnerável a deslocamentos e ao acesso limitado aos cuidados de saúde; pelo menos 70 pessoas morreram devido a confrontos tribais, minas e granadas em junho.

Eleuterio Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

OMS diz que baixas de somalis subiram quase metade em Kismayo

Enviado da ONU pede fim imediato de conflitos em Kismayo, na Somália
BR

Cidade portuária fica ao sul do país africano; segundo missão das Nações Unidas, confrontos resultaram na morte de civis.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

Áudio -

Enviado da ONU pede fim imediato de conflitos em Kismayo, na Somália
BR

PMA volta a fornecer alimentos em Kismayo, na Somália
BR

Agência da ONU ficou fora da região por quatro anos devido à insegurança e violência; desde o início deste mês, 15 mil pessoas estão recebendo refeições diárias.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

PMA volta a fornecer alimentos em Kismayo, na Somália
BR