José Graziano da Silva

Diretor-geral da FAO relaciona cidades, mudança climática e alimentação

O diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, José Graziano da Silva, explica como as cidades têm um importante papel no fornecimento de alimentos de qualidade e saudáveis para a população e  o impacto da mudança climática na produção de alimentos no mundo.

Chefe da FAO realça paz como “força poderosa” para acabar com a fome

Diretor-geral da agência defende que sistemas alimentares mais fortes contribuem para estabilidade; quase metade da população de países afetados pela violência vive em áreas rurais.

Uso da água cresce duas vezes mais rápido do que população mundial

Segundo diretor-geral da FAO, dois-terços dos habitantes do planeta vivem sob escassez severa de água em alguns períodos do ano; conferência em Brasília debate falta d’água como fator para migração.

Em Portugal, chefe da FAO promove a Década da Agricultura Familiar
BR

Setor será destaque entre 2019 e 2028; José Graziano da Silva pede aos países de língua portuguesa para apoiarem famílias que produzem 80% dos alimentos do mundo.

Chefe da FAO diz que mulheres indígenas sofrem “discriminação tripla”
BR

Em visita oficial ao México, diretor-geral da agência, José Graziano da Silva, afirmou que o avanço da luta contra a pobreza e fome extremas depende da eliminação do preconceito.

FAO quer mais intensidade do conhecimento para avanço da produção
BR

Em Conferência sobre Clima, FAO alerta para pobreza e má nutrição
BR

FAO quer que mais países assinem tratado contra pesca ilegal
BR

Agricultura pode conter mudança climática e migração involuntária
BR

Conferência da FAO alerta para aumento da fome no mundo
BR

Pela primeira vez, desde 2015, número de famintos sobe, revertendo anos de progressos; quase 60% das pessoas sem alimentos necessários vivem em áreas afetadas por conflitos e mudanças climáticas.