Passar para o conteúdo principal

Filtrar por conteúdo:

Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro

ONU elogia Brasil pela realização dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro BR

Secretário-geral lembrou de sua visita na abertura do evento e disse que apreciou a hospitalidade dos brasileiros e cariocas durante a viagem.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU felicitou o Brasil pela organização dos jogos olímpicos, encerrados no domingo no Rio de Janeiro.

Em nota, o porta-voz de Ban Ki-moon, Stephane Dujarric, disse que ele também parabenizou a cidade do Rio de Janeiro, os brasileiros, o Comitê Olímpico Internacional e o comitê organizador dos jogos no país.

Acnur quer equipe de atletas refugiados para próxima Olimpíada em Tóquio BR

Em comunicado, agência elogiou presença de 10 desportistas nos Jogos do Rio; presidente do Comitê Olímpico Internacional disse que o grupo velou esperança a milhões de refugiados no mundo.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, afirmou que já começou a fazer planos para manter uma equipe de atletas refugiados para as próximas Olimpíadas que serão realizadas em Tóquio, em 2020.

Atletas refugiados do Sudão do Sul participam de prova na Rio 2016 BR

Três integrantes da equipe de refugiados vão participar de competições de atletismo; está é a primeira participação do grupo nas Olimpíadas.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.*

Três corredores do Sudão do Sul da equipe olímpica de atletas refugiados participam esta sexta-feira de sua primeira prova nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Yiech Pur Biel correu esta manhã na prova de 800 metros e fez o tempo de 1 minuto 54 segundos e 67 centésimos.

Conflitos

Secretário-geral da ONU carrega tocha olímpica no Rio BR

Ban participa também da cerimônia de abertura dos Jogos; na quinta-feira, chefe das Nações Unidas se reuniu com equipe de atletas refugiados.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.*

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, está no Rio de Janeiro onde participou na manhã desta sexta-feira do revezamento da tocha olímpica. O chefe da ONU recebeu a tocha das mãos do presidente do Comitê Olímpico Internacional, COI, Thomas Bach.

Entre outros eventos, Ban também participa da cerimônia de abertura dos Jogos.

Mulheres

Refugiados que vivem no Brasil competirão nas Olimpíadas do Rio BR

Os dois  judocas da República Democrática do Congo, Yolande Mabika e Popole Misenga, falaram à Rádio ONU que estão “muito felizes”; porta-voz do Acnur no Brasil afirmou que iniciativa inédita mostra “força e perseverança dos refugiados”; anúncio coincide com lançamento da campanha #WithRefugees.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O Comitê Olímpico Internacional, COI, anunciou nesta sexta-feira os nomes dos 10 integrantes* da inédita Equipe Olímpica de Atletas Refugiados que disputará os Jogos do Rio 2016.