Joênia Wapichana

“O Brasil imagina que o indígena é uma questão só de pintura e vestimenta”

Entrevista exclusiva com Joênia Wapichana, a primeira indígena a ser eleita deputada federal na história do Brasil. A ativista e advogada recebeu o Prêmio de Direitos Humanos 2018 na ONU. 

Destaque ONU News Especial - Joênia Wapichana, Prêmio de Direitos Humanos da ONU
BR

A brasileira Joênia Wapichana recebeu da Assembleia Geral da ONU o Prêmio de Direitos Humanos das Nações Unidas 2018. A ativista, advogada e primeira indígena a ser eleita deputada federal na história do Brasil falou à ONU News de sua jornada e do que projetou seus ideais para ser uma das quatro figuras homenageadas na terça-feira em Nova Iorque.

Na ONU, brasileira Joênia Wapichana recebe o Prêmio de Direitos Humanos 2018
BR

Primeira advogada indígena do Brasil foi premiada ao lado da ativista dos direitos das meninas na Tanzânia Rebecca Guymi, da advogada de direitos humanos no Paquistão Asma Jahangit e da fundação Front Line Defenders da Irlanda.

Jornal da ONU - 26 de outubro de 2018

Áudio -
5'31"

ONU News fala com indígena brasileira que ganhou Prêmio de Direitos Humanos das Nações Unidas
BR

Joênia Wapichana é ativista pelos direitos de comunidades indígenas no Brasil; vencedora dedicou prêmio de 2018 às mulheres indígenas e diz acreditar que conquista poderá ajudar a “proteger os povos indígenas”.

Exclusiva: indígena brasileira que venceu Prêmio de Direitos Humanos fala à ONU News

Joênia Wapichana é ativista pelos direitos de comunidades indígenas no Brasil; no dia em que celebrava vitória de eleição como primeira deputada federal com sua comunidade na Amazônia recebeu notícia da conquista do Prêmio de Direitos Humanos da ONU 2018.