Itália

Europa já recebeu 909 mil migrantes e refugiados pelo Mediterrâneo

Número é quatro vezes maior em relação a 2014; OIM registou 3601 mortes durante o percurso; africanos são provenientes de países como Eritreia, Gâmbia, Nigéria, Marrocos e Senegal.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Europa já recebeu 909 mil migrantes e refugiados pelo Mediterrâneo

Mediador da ONU reage ao acordo entre parlamentos rivais líbios na Tunísia

Representante do secretário-geral destaca que a Líbia precisa de unidade e paz; entendimento foi assinado no domingo em Tunes enquanto decorrem os esforços de paz mediados pelas Nações Unidas.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Mediador da ONU reage ao acordo entre parlamentos rivais líbios na Tunísia

Saúde dos refugiados preocupa ministros europeus e OMS
BR

Dos 700 mil migrantes e refugiados que entraram na Europa este ano, 5% precisavam de assistência médica devido a queimaduras, hipotermia, gravidez e hipertensão; reunião em Roma debate desafios aos sistemas de saúde.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Saúde dos refugiados preocupa ministros europeus e OMS
BR

218 mil migrantes e refugiados atravessaram o Mediterrâneo em outubro
BR

Segundo Acnur, número é maior do que o observado ao longo do ano passado; Grécia continua sendo principal ponto de chegada, ao lado da Itália, apesar da piora das condições em alto mar.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -

218 mil migrantes e refugiados atravessaram o Mediterrâneo em outubro
BR

Em Roma, Ban fala sobre o “grande potencial” dos refugiados
BR

Secretário-geral reiterou pedido de liderança compassiva em “era de solidariedade global”; chefe da ONU acompanhou histórias pessoais de residentes de um centro de acolhimento da capital italiana.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Em Roma, Ban fala sobre o “grande potencial” dos refugiados
BR