Irina Bokova

Unesco reage ao assassinato de cinco jornalistas na Somália