Investimento Direto Estangeiro

Unctad: “investimento direto estrangeiro confinado a níveis pré-crise financeira”

Indicador económico recua pelo terceiro ano consecutivo; repatriamento de capitais para os EUA é a principal causa; países em desenvolvimento são os mais atingidos.

Investimento Direto Estrangeiro subiu para US$ 1,7 trilhão em 2015
BR

Relatório da Unctad mostra que resultado é o maior desde a crise, mas agência pede cautela com excesso de otimismo; no Brasil, IDE, caiu para US$ 65 bilhões, uma redução de 12%.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Investimento Direto Estrangeiro subiu para US$ 1,7 trilhão em 2015
BR