intolerância

Mais de 120 países debatem combate ao crime movido pela intolerância

ONU pede ação conjunta para promover rejeição do ódio; Viena acolhe 28ª sessão da Comissão de Prevenção ao Crime e Justiça Criminal; até US$ 40 bilhões da corrupção têm “porto seguro” em grandes centros financeiros do mundo por ano.

"Agenda dos direitos humanos está a perder terreno, mas ainda há esperança"
BR

Secretário-geral fala da retração do espaço cívico na abertura da 40ª Sessão do Conselho de Direitos Humanos; presidente da Assembleia Geral pede condições para um mundo menos desigual e menos sustentável; chefe dos Direitos Humanos apela a maior inclusão com vozes da sociedade civil.

Angola diz haver muito a fazer para melhorar serviços a pessoas com autismo

Condição é associada a espíritos malignos, bruxaria e doença mental;  autoridades angolanas dizem apoiar ação global para definir políticas para melhorar qualidade de vida de crianças que vivem com o autismo.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Angola diz haver muito a fazer para melhorar serviços a pessoas com autismo

Unesco marca Dia Internacional da Tolerância combatendo isolacionismo
BR

Diretora-geral da agência, Irina Bokova, disse que crises migratórias, refugiados e conflitos armados estão sendo usados como “ferramentas para fomentar ódio” e legimitar a discriminação.

Monica Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Unesco marca Dia Internacional da Tolerância combatendo isolacionismo
BR

Zeid alerta contra “populistas e demagogos” na Europa e Estados Unidos
BR

Em discurso nesta segunda-feira, em Haia, alto comissário para direitos humanos chamou atenção para o que chamou de “banalização da intolerância”.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Zeid alerta contra “populistas e demagogos” na Europa e Estados Unidos
BR

Conselho de Segurança afirma que Isil tem que ser derrotado
BR

Países-membros condenaram "os contínuos atos terroristas bárbaros" realizados pelo grupo; órgão deixou que claro que os ataques do Estado Islâmico não intimidam mas sim reforçam a determinação de acabar com os extremistas.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -