Insegurança Alimentar no Zimbábue

Insegurança alimentar afeta cerca de 5,5 milhões de pessoas das áreas rurais de Zimbábue
BR

Mais de 3 milhões de pessoas deverão precisar de ajuda humanitária urgente entre outubro e dezembro de 2019; chefe do PMA diz que é preciso aumentar rapidamente esforços “para atender necessidades alimentares urgentes dos mais afetados pela crise econômica e pela seca.”  

Seca leva milhões de pessoas a enfrentar insegurança alimentar no Zimbábue
BR

Programa Mundial de Alimentos alerta que período de fome atingirá pico no auge da temporada de escassez entre janeiro e março de 2020; previsão é de que 59% das famílias rurais, ou mais de 5,5 milhões de pessoas, sejam afetadas.