HIV

HIV e Covid-19 em Moçambique: As comunidades são essenciais para respostas às pandemias

Solidariedade global, responsabilidade compartilhada é o tema do Dia Mundial de Luta contra a Sida. A situação em Moçambique é refletida em artigo de opinião assinado pela coordenadora residente das Nações Unidas no país e pela diretora no país do Programa Conjunto do Combate ao HIV/Sida.*

Covid-19 leva à baixa no número de pessoas tratadas com HIV indetectável
BR

Limitação de serviços entre causas que ditaram queda de quase 20% desde o início do ano; relatório cita Angola e Timor-Leste por barreiras discriminatórias em centros hospitalares; Portugal e Moçambique elogiados por medidas sobre serviços.

Relatório revela que HIV contamina uma criança ou jovem a cada 100 segundos 
BR

Fundo das Nações Unidas para a Infância mostra que, em 2019, quase metade das crianças não tiveram acesso a tratamento essenciais; pandemia piorou desigualdades no acesso a serviços de HIV/Aids para crianças, adolescentes e mulheres grávidas. 

Homens tendem a ter menos acesso a testes de HIV no mundo 
BR

Estudo da Unaids aponta mesma disparidade quanto ao tratamento antirretroviral; alta taxa de sucesso em mulheres se deve a melhor comportamento na busca de saúde e a serviços para o vírus projetados especificamente para público feminino. 

Relatório de agência sobre HIV/Aids descarta alcançar metas até 2020
BR

Em documento, Programa Conjunto das Nações Unidas, Unaids, alerta para Covid-19 e riscos de se anular sucessos em curso; falhas devem levar a 3,5 milhões de novas infecções e mais 820 mil mortes desde 2015; 59% dos novos casos na África Subsaariana, no ano passado, eram de meninas e mulheres.

Crise de Covid-19 deve afetar acesso e preços de antirretrovirais contra HIV
BR

Quase 25 milhões de pessoas se tratavam com esses medicamentos em 2019; falta de antirretrovirais coloca vidas em risco e pode aumentar casos de transmissão; crianças soropositivas podem ser as mais atingidas; fabricantes na Índia concentram 80% da produção global desses antiretrovirais.

Na África, limitação de serviços de HIV em tempos da covid-19 pode matar 500 mil
BR

Em um ano, mortes relacionadas à Aids podem chegar a 673 mil; fatalidades podem alcançar níveis comparáveis a 2008;  novas infeções infantis têm potencial de aumentar mais de um terço em Moçambique.

Unaids alerta sobre crise no tratamento infantil do HIV na África
BR

Em 2018, cobertura da terapia antirretroviral para crianças soropositivas era de apenas 28%, muito abaixo da média global, que foi de 54%; agência da ONU diz que um dos motivos é o baixo índice de diagnóstico.

OMS destaca 13 maiores desafios de saúde para a próxima década 
BR

Agência da ONU destacou temas como mudança climática, qualidade de medicamentos, novas tecnologias e epidemias; para o diretor-geral da OMS, “nenhuma dessas questões é simples de resolver, mas é possível fazê-lo.” 

Agência da ONU aposta em força das comunidades para combater HIV/Aids
BR

Relatório divulgado pelo Unaids para marcar o Dia Mundial de Combate à Aids, em 1º de dezembro, revela que número de infecções baixa quando cidadãos e comunidades afetadas participam de decisões sobre serviços e prevenção ao vírus.