Hepatite E

Agências da ONU unem-se para combater epidemias em áreas de refugiados

No acampamento de Yusuf Batil, no Sudão do Sul, já foram registados até 500 novos casos de hepatite E por semana; mas campanha de saúde ajudou a reduzir contaminação a quatro ou menos casos semanais.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

Agências da ONU unem-se para combater epidemias em áreas de refugiados

Hepatite E mata 111 refugiados no Sudão do Sul
BR

Surto já afeta mais de 6 mil pessoas, maioria dos infectados é do estado do Nilo Azul, que carece de água e saneamento; construção de mil latrinas é uma das medidas para prevenir mais casos.

Áudio -

Hepatite E mata 111 refugiados no Sudão do Sul
BR

Surto já afeta mais de 6 mil pessoas, maioria dos infectados é do estado do Nilo Azul, que carece de água e saneamento; construção de mil latrinas é uma das medidas para prevenir mais casos.

OIM revela ações para conter surto de hepatite no Sudão do Sul

Agência refere que vírus da doença já infetou mais de 5 mil pessoas; decorre construção de latrinas, paralelamente à distribuição de água e materiais de higiene para mais de 40 mil refugiados.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

OIM revela ações para conter surto de hepatite no Sudão do Sul

Hepatite E alastra mas esgotam fundos para o Sudão do Sul, diz Acnur

Agência diz precisar de um mínimo de US$ 20 para manter atividades básicas vitais;  26 pessoas morreram e mais de mil casos da doença foram registados em acampamentos de refugiados.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Hepatite E alastra mas esgotam fundos para o Sudão do Sul, diz Acnur

Surto de hepatite E mata 16 refugiados no Sudão do Sul, indica Acnur

Autoridades citam  inundações e consumo de água contaminada de superfície como principais fatores de risco; Acnur aumenta quantidade e  disponibilidade de água potável.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Surto de hepatite E mata 16 refugiados no Sudão do Sul, indica Acnur