Haiti

Na FAO, Haiti apela a países para manter investimentos na ilha caribenha
BR

Presidente haitiano, Michel Martelly, visitou agência da ONU em busca de apoio após estragos causados por furacões incluindo o Sandy, no início deste mês.

Rafael Belincanta, de Roma para a Rádio ONU.*

Áudio -

Na FAO, Haiti apela a países para manter investimentos na ilha caribenha
BR

CLIP: José Graziano da Silva

Diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, fala sobre a situação de insegurança alimentar no Haiti e a parceria da agência com a ilha caribenha.

Áudio -

CLIP: José Graziano da Silva

Haiti: casos de cólera passam de 3,5 mil
BR

Autoridades afirmaram que os regasitros aumentaram depois da passagem do furacão Sandy; houve uma alta também nas suspeitas de casos da doença com a maioria em Porto Príncipe.

 

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Haiti: casos de cólera passam de 3,5 mil
BR

ONU quer US$ 40 milhões para o Haiti
BR

O escritório das Nações Unidas de Assistência Humanitária, Ocha, fez um apelo de US$ 40 milhões, mais de R$ 80 milhões, para ajudar a população depois da devastação causada pela passagem do furacão Sandy há 3 semanas.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

ONU quer US$ 40 milhões para o Haiti
BR

FAO quer US$ 74 milhões para recuperar o setor agrícola do Haiti
BR

Agência da ONU e o governo planejam usar esse dinheiro para recuperar o setor devastado pelo furacão Sandy, que  destruíu também casas, prédios e instalações públicas. 

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

FAO quer US$ 74 milhões para recuperar o setor agrícola do Haiti
BR