Guiné-Bissau

Conselho de Segurança pede respeito ao resultado das eleições na Guiné-Bissau

País lusófono realizou eleições legislativas a 10 de março; órgão da ONU felicitou povo e governo pela realização de um escrutino pacífico e lembra necessidade de realizar eleições presidenciais ainda em 2019.  

Após eleições, ONU pede que interesses da Guiné-Bissau sejam colocados acima de questões pessoais

Comissão Nacional de Eleições anunciou resultados na quarta-feira; guineenses escolheram no domingo os novos deputados da Assembleia Nacional; missão política  da ONU espera que Parlamento funcione e com maior presença de mulheres. 

Agências da ONU preparam um plano de transição na Guiné-Bissau

Missão política  deve encerrar no final de 2020; diretor do Departamento de Assuntos Políticos para a África Ocidental falou com a ONU News em Bissau; resultados provisórios das eleições legislativas devem ser anunciados esta quarta-feira.

Missão política da ONU saúda “eleições pacíficas e com orgulho cívico” na Guiné-Bissau

Comissão Nacional de Eleições disse que escrutínio decorreu sem grandes problemas; para alto funcionário da ONU, presença da organização vai continuar após fecho da missão política prevista para 2020; resultados preliminares são esperados na segunda-feira. *

Guiné-Bissau: Comissão Eleitoral destaca ambiente “calmo e muito sereno” em dia das eleições legislativas

Mais de 90% das mesas de assembleia de voto abriram na hora prevista; órgão pede civismo, tolerância, diálogo construtivo, serenidade e sentido de responsabilidade aos envolvidos.*