Guiné-Bissau

Fundo global contra malária, tuberculose e HIV beneficia países lusófonos
BR

Angola, Guiné-Bissau, Moçambique e Timor-Leste vão receber verbas para combater doenças pelos próximos dois anos; são 45 projetos de 37 países.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -

Fundo global contra malária, tuberculose e HIV beneficia países lusófonos
BR

Quatro países lusófonos contemplados com verbas do Fundo Global

Financiamento abrange projetos contra o HIV/Sida e a Tuberculose de Angola, Guiné-Bissau, Moçambique e Timor-Leste; verbas são parte de um mecanismo de financiamento transitório.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Quatro países lusófonos contemplados com verbas do Fundo Global

Deputada diz que português é “fio condutor” para cooperação Sul-Sul
BR

Para Mónica Ferro, o Fórum Macau, que une a China e os países lusófonos, é um bom exemplo da colaboração entre os países que vão das Américas à Ásia utilizando uma só língua; em 2011, o grupo gerou US$ 117 bilhões.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Deputada diz que português é “fio condutor” para cooperação Sul-Sul
BR