grupos armados

Acidentes com minas terrestres seguem matando e ferindo milhares de pessoas
BR

Ações de desminagem foram reduzidas por causa da Covid-19; Monitor 2020 revela que mais de 80% do mundo ou 164 países adotaram Tratado de Proibição de Minas; uso por grupos armados não-estatais preocupa especialistas.

Michelle Bachelet alerta para “situação alarmante” no norte de Moçambique 
BR

Alta comissária da ONU para os Direitos Humanos destaca violência que causou mais de 350 mil deslocados em três anos; insegurança piorou nas últimas semanas, com relatos de dezenas de decapitações e sequestros no extremo norte.

Acnur: Nigéria recebe quase 60 mil camaroneses fugindo da violência
BR

Nas últimas duas semanas, quase 8 mil pessoas saíram dos Camarões e foram para os estados de Taraba e Cross Rivers, no leste e sul da Nigéria; segundo agências de notícias, pelo menos 22 pessoas morreram num ataque no noroeste do país.

Mais de 80% das escolas fecharam devido à crise em Camarões

Segundo Unicef, cerca de 600 mil crianças estão sem acesso à educação; milhares de pessoas carecem de serviços básicos como saúde e água potável; meios de subsistência foram destruídos por causa da violência armada.

“Agora é hora de ação”, diz Unicef sobre acordo de paz entre centro-africanos
BR

Diretora-geral da agência pede libertação de todos os menores de idade associados a grupos armados;  Unicef reitera que está pronto para apoiar em esforços em prol de crianças afetadas no país.

“Não há como justificar esta carnificina”, diz chefe do Unicef após visitar o Iêmen
BR

Diretora executiva da agência promete continuar ajuda, mas declara que é preciso  dar uma oportunidade à paz; conflito matou pelo menos 2,2 mil crianças e feriu  3,4 mil desde 2015.

“Que a comunidade internacional não abandone a República Centro-Africana”

Pedido foi feito pela coordenadora humanitária das Nações Unidas no país; novos provocam saída da comunidade de auxílio de áreas afetadas; milhares de pessoas estão escondidas nas matas no oeste.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

“Que a comunidade internacional não abandone a República Centro-Africana”

Unicef expõe mais detalhes do aumento da violência a crianças centro-africanas

Casos recentes incluem morte de bebé e estupro de menina de nove anos; 40% de crianças sofrem de desnutrição crónica; 25% das meninas casam antes de completar 15 anos.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Unicef expõe mais detalhes do aumento da violência a crianças centro-africanas