gravidez indesejada

Guterres fala sobre protestos, eleições presidenciais na Guiné-Bissau e novo estudo da OMS

Neste #DestaqueONUNews, Guterres diz que líderes políticos devem ouvir o clamor dos protestos de rua em todo o mundo; embaixador do Brasil na ONU diz que diálogo e consenso são fundamentais para eleições presidenciais na Guiné-Bissau; e estudo da OMS associa falta de planejamento familiar a altas taxas de gravidez indesejada na Ásia-Pacífico.

OMS: gravidez indesejada resulta de falta de serviços de planejamento familiar
BR

Novo estudo da Organização Mundial da Saúde pesquisou 36 países da região Ásia-Pacífico e descobriu que 66% das mulheres sexualmente ativas, que queriam adiar a gravidez, pararam de usar contraceptivos por vários motivos; 85% delas engravidaram já no primeiro ano.