gravidez

OMS preocupada com fardo da Covid-19 sobre mulheres, crianças e adolescentes
BR

Em entrevista a jornalistas, diretor-geral da Organização Mundial da Saúde alertou sobre mortes de grávidas, depressão entre adolescentes e insegurança alimentar de crianças que têm na escola sua única fonte de comida; participaram do briefing representantes da ONU incluindo a enviada especial para Juventude.

Unicef: guia para grávidas e recém-nascidos em época de covid-19
BR

Medo, ansiedade e incertezas são alguns dos efeitos psicológicos da pandemia experimentados por muitas grávidas; Unicef perguntou à presidente da Confederação Internacional de Parteiras, Franka Cadée, o que pode ser feito para proteger os bebês e as mães. 

População mundial continua a aumentar, mas crescimento é desigual
BR

Em Dia Mundial da População, Nações Unidas destacam questões pendentes da Conferência Internacional da População e Desenvolvimento do Cairo; 68% da população mundial deverá viver em áreas urbanas até 2050.

Relatora da ONU teme que crianças tornem-se “mercadorias” com casos de barrigas de aluguel

Relatório sobre o tema foi apresentado terça-feira ao Conselho de Direitos Humanos; autora acredita que a atividade tem de ser mais fiscalizada.

A América Latina e o Caribe têm a segunda taxa mais alta de gravidez entre adolescentes do mundo

15% das mulheres grávidas da região têm menos de 20 anos. Esse levantamento foi feito pelo Unicef e outras agências da ONU.

Os detalhes foram apresentados pela repórter da ONU News, Leda Letra, no programa Globo Notícia Américas, apresentado por Mila Burns na Globo Internacional. O programa foi ao ar domingo, 4 de março de 2018.

OMS lança orientações para experiência positiva na hora do parto normal
BR

Agência não recomenda uso da ocitocina para estimular contrações e pede que as grávidas com baixo risco sejam estimuladas a caminhar, a receber massagens e autorizadas a comer; recém-nascidos devem ficar sem banho por 24h e nunca serem separados da mãe no hospital.

Unfpa destaca casos de gravidez na adolescência no Timor-Leste
BR

Segundo a agência da ONU, quase 25% das timorenses têm o primeiro filho antes de completar 20 anos de idade; entre as causas estão desigualdade de gêneros, violência a mulheres e falta de educação sexual.

Monica Grayley, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Unfpa destaca casos de gravidez na adolescência no Timor-Leste
BR

Banco Mundial é parceiro do Paraná na redução da mortalidade materna
BR

Investimentos em centros de saúde e capacitação profissional levaram a queda de 30% nos índices. Estado também busca reduzir mortalidade infantil a um dígito

Mariana Ceratti, de Curitiba, para a ONU News.*

Áudio -

Banco Mundial é parceiro do Paraná na redução da mortalidade materna
BR