Gabriela Knaul

Relatora revela preocupação com recentes reformas na justiça em Portugal

Segurança do sistema eletrónico, frequentes emendas à lei e acesso dos mais vulneráveis ao setor na lista da especialista sobre a independência de juízes de juízes e advogados; informe foi apresentado ao Conselho de Direitos Humanos.

Áudio -

Relatora revela preocupação com recentes reformas na justiça em Portugal

Representante da ONU diz que Portugal deve garantir acesso de todos à justiça

Relatora especial sobre Independência de Juízes e Advogados afirmou que país tem um quadro legal sólido; Gabriela Knaul declarou que um dos problemas mais graves é o alto custo dos processos na justiça.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -

Representante da ONU diz que Portugal deve garantir acesso de todos à justiça

Timor-Leste instado a reconsiderar demissão de juízes internacionais

Especialista independente está apreensiva com o que considera ser possível efeito de retaliação; outro motivo de preocupação são julgamentos de crimes contra a humanidade cometidos no contexto do referendo de 1999.

Áudio -

Timor-Leste instado a reconsiderar demissão de juízes internacionais

Desenvolvimento demanda acesso à justiça, diz relatora brasileira
BR

Gabriela Knaul apresentou seu relatório à Assembleia Geral da ONU; especialista sobre a independência de juízes e advogados pede que agenda pós-2015 inclua acesso da população ao sistema judiciário.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Desenvolvimento demanda acesso à justiça, diz relatora brasileira
BR

Relatora diz que Rússia deve responder a preocupações sobre judiciário
BR

Juíza brasileira, Gabriela Knaul, que encerrou uma visita oficial ao país, disse que recebeu relatos de “ameaças e interferência impróprias” feitas a funcionários da justiça russa.

Áudio -

Relatora diz que Rússia deve responder a preocupações sobre judiciário
BR

Juíza brasileira, Gabriela Knaul, que encerrou uma visita oficial ao país, disse que recebeu relatos de “ameaças e interferência impróprias” feitas a funcionários da justiça russa.