fome

Cerca de 5,5 milhões de pessoas podem passar fome no Sudão do Sul em 2020
BR

Plano de Resposta Humanitária foi publicado esta quinta-feira; 7,5 milhões de pessoas precisam de assistência ou proteção humanitária no país; ONU e parceiros precisam de US$ 1,5 bilhão para esse apoio.

Zimbábue enfrenta fome causada pelo homem, diz especialista da ONU
BR

Estima-se que insegurança alimentar esteja afetando 5,5 milhões de pessoas nas áreas rurais do país africano; nas áreas urbanas, problema é enfrentado por 2,2 milhões de pessoas.*

OMS alerta que sistema de saúde no Iêmen precisa de mais apoio
BR

Autoridades locais declararam emergência após aumento de casos de dengue e malária; cólera matou quase mil pessoas este ano; 250 mil iemenitas sofrem desnutrição grave no país em conflitos e funcionários. 

Progresso para alcançar desenvolvimento sustentável está seriamente afetado
BR

Metade da população mundial não tem acesso à educação e a cuidados de saúde; mulheres enfrentam discriminação e o número de pessoas com fome aumenta no mundo, diz secretário-geral da ONU, António Guterres, em artigo de opinião para o jornal Financial Times.

Brasileira participa de evento com Michael Kors sobre segurança alimentar
BR

Blogueira de moda, Camila Coelho, integra campanha do estilista, em parceria com a ONU, para levar alimentos a crianças em todo o mundo; iniciativa já distribuiu quase 19 milhões de refeições em sete anos; ganhadora do Oscar, Lupita Nyong’o, é o rosto da campanha este ano.

Dia Mundial da Alimentação ressalta importância de dietas saudáveis
BR

Em mensagem, secretário-geral lembra que mundo tem mais de 820 milhões de pessoas passando fome; ao mesmo tempo, 2 bilhões de homens, mulheres e crianças estão acima do peso ou obesos; falta de tempo para cozinhar em casa também influi na falta de dietas saudáveis.

Seis meses após ciclone Idai, Moçambique precisa de mais US$ 398 milhões para apoiar afetados por crises

Necessidades agravadas por secas e inundações consecutivas podem prejudicar próximas colheitas; pelo menos 2 milhões de pessoas podem enfrentar graves níveis de insegurança alimentar até março.*

Vítimas de desnutrição aguda aumentam no Sudão do Sul

Avaliação sobre estado da emergência alimentar revela subida de 3% em um ano; situação é causada por altos níveis de insegurança alimentar, hábitos de alimentação de bebês e crianças pequenas.

FAO incentiva parceria com Japão para melhorar nutrição em países africanos

Futura colaboração pode ser consolidada em tecnologias inteligentes, maquinaria agrícola e marketing; chefe da agência defende apoio ao continente com a maior prevalência de desnutrição.

Crise humanitária na República Centro-Africana é a terceira maior do mundo

Quase 3 milhões de pessoas precisam de ajuda humanitária; Programa Mundial de Alimentação pretende mais do que dobrar seu apoio e, para isso, são necessários mais US$ 35,5 milhões até o final de 2019.