Filtrar por conteúdo:

expulsão

ONU condena expulsão de chefe de Direitos Humanos do Iêmen BR

Secretário-geral afirmou que funcionários das Nações Unidas não devem ser ameaçados ou punidos por realizarem seu trabalho; alto comissário de Direitos Humanos pediu ao governo iemenita que reverta decisão.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou a decisão do governo do Iêmen de expulsar o representante de direitos humanos da organização em serviço no país.

Segundo Ban, nenhum funcionário das Nações Unidas deve ser ameaçado ou punido por realizar seu trabalho, que tem como base a Carta da ONU.