estrangeiros

ONU condena violência contra migrantes na África do Sul

Secretário-geral quer que líderes políticos rejeitem de forma clara e aberta atos violentos; pelo menos cinco pessoas foram mortas e dezenas ficaram presas em Joanesburgo, segundo agências de notícias.

Portugueses enviam mais dinheiro para casa entre os lusófonos, aponta relatório

Em 2014 entraram US$ 4.351,5 milhões em Portugal; país tem o maior número de migrantes entre nações de língua portuguesa; Estados Unidos têm a maioria dos 244 milhões de migrantes do mundo.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Portugueses enviam mais dinheiro para casa entre os lusófonos, aponta relatório

Violência contra estrangeiros já desalojou 5 mil pessoas na África do Sul

Acnur diz haver um aumento de pessoas em busca de abrigo; OIM defende diálogo entre migrantes, anfitriões e autoridades; país acolhe 65 mil refugiados e 295 mil candidatos a asilo.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

Violência contra estrangeiros já desalojou 5 mil pessoas na África do Sul

OIM condena violência contra estrangeiros na África do Sul

Agência parceira da ONU criticou atos agressões a migrantes e a negócios por residentes de Soweto e outros distritos de Johanesburgo; agência está a pedir ao governo que tome medidas para proteger a segurança de todos os residentes do país.
Áudio -

OIM condena violência contra estrangeiros na África do Sul

ONU preocupada com estrangeiros que se juntam a grupos terroristas

Conselho de Segurança apreensivo com relatos de mais de 15 mil combatentes estrangeiros afiliados a  formações aliadas à Al-Qaeda; secretário-geral propõe novo olhar sobre os desafios que permitem o aumento do fenómeno.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

ONU preocupada com estrangeiros que se juntam a grupos terroristas

OIM com planos para evacuar estrangeiros da República Centro-Africana

Ponte aérea deve ajudar a retirar estrangeiros de cinco países vizinhos; ação segue-se a informações de agências noticiosas a dar conta da renúncia do presidente interino e do primeiro-ministro centro-africanos.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -