Escritório de Direitos Humanos no Haiti

ONU quer que Haiti apure alegações de assassinatos e tortura por policiais
BR

Segundo comunicado do Escritório de Direitos Humanos na ilha caribenha, nove pessoas podem ter morrido na capital, Porto Príncipe, entre outubro de 2010 e junho deste ano.

Áudio -

ONU quer que Haiti apure alegações de assassinatos e tortura por policiais
BR