Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime

Agência da ONU diz que pandemia está mudando fluxo de drogas ilegais
BR

Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc, revela que medidas de combate à covid-19 interrompem tráfico de drogas por ar e por terra. 

ONU: Brasil tem a segunda maior taxa de homicídios da América do Sul
BR

Timor-Leste ocupou posição similar no Sudeste Asiático em 2017; estudo aponta que número de pessoas assassinadas está 80% acima dos mortos em conflitos armados; mulheres são mais frequentemente assassinadas por familiares e parceiros íntimos.

Ação para ajudar crianças recrutadas por grupos terroristas

Neste Destaque ONU News Especial, a diretora do Programa Mundial sobre a Violência contra Crianças da Unodc, Alexandra Martins, explica o plano de ação para ajudar crianças que são recrutadas por grupos terroristas.  A estratégia do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc, está a ser elaborada em conjunto com os governos dos países e entidades da sociedade civil.

Mais de 120 países debatem combate ao crime movido pela intolerância

ONU pede ação conjunta para promover rejeição do ódio; Viena acolhe 28ª sessão da Comissão de Prevenção ao Crime e Justiça Criminal; até US$ 40 bilhões da corrupção têm “porto seguro” em grandes centros financeiros do mundo por ano.

Área de cultivo de coca no Peru aumentou 14% em 2017
BR

Análise sobre o período destaca que área cultivada de coca atingiu um total de 49.900 hectares; cultivo de matéria-prima para produção da cocaína atingiu 117.292 toneladas.

Entrevista: Relatório Mundial Sobre Drogas 2016

Entrevista: Relatório Mundial Sobre Drogas 2016

Mariângela Simão é chefe da Divisão de Prevenção, Vulnerabilidade e Direitos do Programa Conjunto das Nações Unidas para o HIV/ Aids e esteve no lançamento do Relatório Mundial Sobre Drogas 2016.

Áudio -

Relatório revela que drogas mataram pelo menos 207 mil pessoas em 2014
BR

Relatório revela que drogas mataram pelo menos 207 mil pessoas em 2014
BR

Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc, afirma que 29 milhões de usuários sofrem transtornos associados ao consumo; estudo traz casos de países lusófonos como Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Moçambique.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -

Unodc ajuda a equipar locais para combater o crime na Guiné-Bissau