Emrya Wajãpi

Chefe de direitos humanos da ONU diz que assassinato de líder indígena no Brasil é “trágico e repreensível”
BR

Para Michelle Bachelet, morte de Emrya Wajãpi é “também um sintoma perturbador do crescente problema de invasão de terras indígenas” no país;  alta comissária fez apelo para que governo brasileiro aja “de maneira decisiva para deter a invasão de territórios indígenas”.