emprego

Entrevista: Prefeita Leila Galvão, Brasiléia

Quase dois anos após o terremoto que matou mais de 200 mil pessoas no Haiti, muitos haitianos decidiram mudar de vida e recomeçar no Brasil. Os primeiros migrantes teriam chegado ao país um ano após o terremoto, à procura de novas oportunidades.

Áudio -

Entrevista: Prefeita Leila Galvão, Brasiléia