elefantes

Caça furtiva continua a ameaçar elefantes africanos

Avaliação recente de Convenção associada da ONU mostra que mortalidade destes animais continua elevada; num século número de elefantes africanos caiu de 12 milhões para 400 mil; depois de pico em 2011, mortes de elefantes caiu até 2017. 

Quase 145 mil elefantes mortos no continente africano em apenas sete anos

Quase 145 mil elefantes mortos no continente africano em apenas sete anos

Vice-chefe do Programa das ONU para o Meio Ambiente destaca que caça “não faz nenhum sentido moral, económico e político”; censo mostra que população de elefantes na savana africana diminuiu em 30%.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Caças mataram dezenas de milhares de elefantes na África e tendência continua
BR

Caças mataram dezenas de milhares de elefantes na África e tendência continua
BR

Avaliação é da Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção, Cites; tratado é apoiado pela ONU; relatório cita “sinais encorajadores”, e diz que “é preciso fazer mais”.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Angola: ONU apoia aposta na biodiversidade para retoma da economia

Angola: ONU apoia aposta na biodiversidade para retoma da economia

Parceria propõe salvar elefantes encorajando relação homem-natureza; iniciativa de preservação pretende aumentar turismo no país; projeto prevê reabilitar o maior parque nacional do país.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Luanda prepara-se para ser a capital ambiental do planeta esta semana

Ciclo de reflexões, exposições e conferências vai fechar no Dia Mundial do Ambiente, a 5 de junho; ONU escolheu Angola pela ação em prol de elefantes, conservação da vida selvagem e proteção do meio ambiente.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Luanda prepara-se para ser a capital ambiental do planeta esta semana

Pnuma: caça furtiva em África não faz sentido "moral, económico ou político"