Egito

Relatores da ONU condenam execução de cristão copta no Egito  
BR

Wael Saad Tawdros Mikhil pertenecia à minoría religiosa e foi julgado e condenado à morte em 22 de abril de 2019 após ser acusado de matar um abade num monastério; especialistas em direitos humanos dizem que Tawdros foi forçado a confessar o crime; somente este ano, o Egito já executou 50 pessoas.