Egipto

Peritos criticam "reação desproporcional" após prisão de centenas no Egito

Relatores falam de mais de 380 detidos em manifestações contra acordo com Arábia Saudita sobre ilhas do Mar Vermelho; dezenas de jornalistas foram presos pelas forças de segurança; autoridades controlaram contas em redes sociais.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Especialistas das Nações Unidas apelaram esta segunda-feira ao Governo do Egito para acabar com "reações desproporcionais" aos que exercitam os direitos de reunião e de expressão no país.