economia

Estudo da ONU aponta riscos para economias de países lusófonos em 2019 e 2020

Novo relatório global também indica melhorias nesses países, mas deixa alguns avisos; especialista aponta questão da dívida pública em Moçambique; Angola depende de preço do petróleo e Brasil deve realizar reformas.

Especialista da ONU avisa que reformas económicas têm de considerar direitos humanos

Reformas devem respeitar diretos fundamentais; impactos potenciais sobre indivíduos e grupos específicos têm de ser analisados; apresentação será feita em fevereiro ao Conselho de Direitos Humanos.

Crescimento da economia global deve permanecer estável em 3% em 2019-2020
BR

Perspectivas econômicas da ONU apontam o Brasil como um dos exportadores com recuperação moderada, 2,1% este ano; mesma tendência acontece com Angola, Moçambique e Cabo Verde; taxa de crescimento desce em Portugal este ano e recupera em 2020.  

Destaque ONU News - 16 de janeiro de 2019
BR

Neste #DestaqueONUNews, Guterres fala em “colocar pé no acelerador” ao detalhar atuação da ONU em 2019; Palestina assume presidência do “Grupo dos 77 e China” e para encerrar, uma reportagem sobre a melhora nas previsões econômicas para Angola, Cabo Verde e Moçambique.

Banco Mundial prevê baixa ligeira de crescimento da economia global para 2,9%

Abrandamento do comércio internacional e da atividade manufatureira pressionam economia; exportação de matérias-primas estagnou; crescimento per capita será insuficiente para reduzir diferença entre economias desenvolvidas e emergentes.

Economia do Brasil pode crescer 2% em 2019, revela relatório regional
BR

Média da expansão na América Latina e o Caribe será de 1,7%; Cepal prevê maior crescimento entre os países para ilha de Dominica, com 9%; projeções para Venezuela, Nicarágua e Argentina apontam para contração no próximo ano.

Brasil e Portugal destacam-se no aumento real de salários em países de língua portuguesa
BR

OIT revela que taxa global de 1,8% é a mais baixa desde a crise financeira de 2008; em 2017, Brasil recuperou de crescimento negativos em períodos anteriores; aumento global lento prejudica crescimento econômico sustentável.

Agência da ONU diz que países mais pobres devem fomentar negócios dinâmicos

Relatório dos Países Menos Desenvolvidos de 2018 examina empreendedorismo; Unctad emite recomendações a governos para combater pobreza e criar empregos; cinco países lusófonos fazem parte da lista dos países menos desenvolvidos do mundo.

Investimento direto estrangeiro caiu 41% no 1º semestre de 2018

Relatório da Unctad dá conta que dois terços do investimento mundial foi feito em países em desenvolvimento;  repatriação de capitais para o Estados Unidos pressiona queda; Brasil é o nono país que recebe mais investimento do exterior.

Portugal: qualidade do emprego e salários continuam baixos, diz a OIT

Organização Internacional do Trabalho avalia economia e mercado de trabalho; estudo recomenda incentivos a contratos laborais permanentes; reestruturação dos setores público e privado entre as medidas que mais contribuíram para retoma.