economia

ONU anuncia desaceleração econômica para América Latina e o Caribe e crescimento de 0.8% para Brasil

Maior incerteza e complexidade a nível internacional e baixos níveis de investimento, exportações e consumo são as principais causas; agência da ONU também destaca aumento dos déficits e dívida pública.

Em Timor-Leste, rendimento das famílias cresceu mais do que o dobro em 14 anos

Novo relatório destaca que esse desempenho foi observado entre 2002 e 2016; estímulo foi dado pelos setores de construção e serviços públicos; estudo recomenda investimento no capital humano e diversificação da economia.